terça-feira, 27 de maio de 2008

Ritual Por Toda A Tua Grande Carne


Minha baqueta enrijecida

na malemolência

de Tua

Grande Carne,

Lilith!


Meu punhal ensangüentado

na fervura

de Tua

Grande Carne,

Lilith!


Meu pentagrama

na quentura

de Tua

Grande Carne,

Lilith!


Meu hexagrama

na robustez

de Tua

Grande Carne,

Lilith!


Minha espada

na languidez

de Tua

Grande Carne,

Lilith!


Meu altar

é a Tua

Grande Carne,

Lilith,

A Carne Da Grande

Depravada,

Grande Mãe

Depravada

Dos Depravados

De Toda A Criação,

A Receber Na Cara

A Esporra De Cada

Filho Que Se Masturba

No Círculo Em Redor

De Teu Leito

De Mil E Quatro E

Muitos Mais

Mil E Quatro

Leites Religiosos,

Leites Da Religião

Da Masturbação

Que Te Honra

No Templo Do Pênis

Que Te Louva!


Tua

Grande Carne,

Lilith,

bem na suculência

devida

das Grandes Carnes,

é por onde as minhas

mãos cheias de esperma

passam,

A Lua Negra No Alto,

O Passo Na Escuridão Eterna

Sendo Dado,

Tu Te Bronzeias

Com O Sêmen Meu,

Sêmen Consagrado

Ao Teu Corpo

Que Me Governa,

Sêmen Que Te Bronzeias

Com As Escuridões Serenas

Que Tempestades De

Negras Raízes

Nas Florestas Imortais

Consagram Como

As Tempestades De Tua

Vulva Em Movimento!


Tua Carne,

Tua Grande Carne,

Lilith,

tenho cremes de leite aqui,

leite de vaca,

leite de cabra,

Tu És

A Vaca Cósmica

De Tetas Eternas,

Tu És

A Cabra Eterna

De Tetas Cósmicas,

Tetas Que Amamentaram

O Ancião Dos Dias,

Tetas Que Amamentaram

O Jovem Das Noites,

Tetas Que São

O Grande Dia Da Criação,

Tetas Que São

A Grande Noite Da Criação,

Tetas Colossais,

Tetas Titânicas,

Tetas Divinais,

Tetas Governantes

Das Feminis Tetas Todas

De Deusas E De

Mulheres Comuns

E Incomuns!


Tua

Grande Carne,

Grande Carne,

Lilith,

o leite e o meu sêmen

te douram com

A Brancura Das Luas

Da Negra Viagem

Ao Negro Mar

Do Grande Mar,

Negro Mar Dos Sátiros

Como Eu,

Sátiros Eternos

Em Busca

Da Negra Ninfa Eterna

Que Tu És,

Ninfa Que Nos Governa,

Ninfa Que Nos Persegue,

Ninfa De Carne Lunar,

Fria Carne,

Ardente Carne,

Fervorosa Carne,

Tua

Grande

Carne,

Tua

Grande

Carne,

Tua

Grande

Carne,

Tua

Grande

Carne,

Tua

Grande

Carne,

Tua

Grande

Carne,

Tua

Grande

Carne,

Tua

Grande

Carne,

Tua

Grande

Carne,

Tua

Grande

Carne,
Tua

Grande

Carne,

Tua

Grande

Carne,

Tua

Grande

Carne,

Tua

Grande

Carne,

Tua

Grande

Carne,

Tua

Grande

Carne,

Tua

Grande

Carne,

Tua

Grande

Carne,

Tua

Grande

Carne,

Tua

Grande

Carne!


Carne na qual agora nado

tendo como companhia

um pau navegante

todo voraz!


Inominável Ser

NADANDO NA

GRANDE CARNE

DE LILITH

COM SEU

PAU NAVEGANTE






Nenhum comentário: