segunda-feira, 19 de maio de 2008

A Universalidade Vulvística Tua


Por dentro dos Mundos

Que Giram Possantes,

admito que Vejo

O Triângulo Universal

De Vossa Vulva,

Mãe Lilith.


Tu És Aquela

Que Socorre Aos

Perdidos Na Carne

Diante Das Cruzes

Da Humana Piedade,

Muitos Orando Pela

Urina Sagrada

De Tua Vulva

A Jorrar.


Tua Urina bebo,

Tua Urina me encharca,

nada de medos humanos,

não sou humano,

nunca fui humano,

estou a caminho

dos Não-Nascidos,

desejo foder putas

e mulheres que se dizem honestas

e também são putas,

meras putas,

pois toda mulher livre,

A Verdadeira Mulher,

deve ser uma

Puta Sagrada,

uma Puta Filha

Tua.


Como é aromaticamente

suave

o cheiro de tua

Urina Sagrada,

Banhando As Catacumbas

E As Universais Privadas,

Limpando O Pó Cósmico

Das Universais Estradas,

que não Te conhece,

Mãe Lilith,

teme-Te por imbecilidade,

Te Conheço,

Tu Urinas Em Teus Filhos

Para Consagrá-Los,

Tu Urinas Nos Demais

Seres Da Criação

Que Te Temem

Para Humilhá-Los.


Te Vejo Sentada

No Topo Da Criação,

Te Vejo Abrindo As Pernas

Para Os Arcanjos,

Para Os Anjos,

Para O Um,

Todos Te Desejam,

Todos Te Possuem,

Tu És A Mãe Cósmica,

A Mãe Cósmica

A Foder,

A Mãe Cósmica

A Ser Fodida,

A Mãe Cósmica

Fodona.


Lilith,

Mãe Lilith,

Mãe Cósmica,

Vejo Ainda Os Portões

De Hereman Abrindo-Se

E Quando Tu Passas

Os Guardiães Da Eternidade

Ajoelham-Se

Em Reverência À Tua

Nudez Sagrada.


Lilith,

Mãe Lilith,

Mãe Cósmica,

Vejo Ainda Os Portões

De Adramas Abrindo-Se

E Quando Tu Passas

Os Guardiães Do Infinito

Ajoelham-Se

Em Reverência À Tua

Nudez Sagrada.


Lilith,

Mãe Lilith,

Mãe Cósmica,

Vejo Ainda Os Portões

De Daramos Abrindo-Se

E Quando Tu Passas

Os Guardiães Da Vida Eterna

Ajoelham-Se

Em Reverência À Tua

Nudez Sagrada.


Lilith,

Mãe Lilith,

Mãe Cósmica,

Vejo Ainda Os Portões

De Tharamus Abrindo-Se

E Quando Tu Passas

Os Guardiães Da Morte Eterna

Ajoelham-Se

Em Reverência À Tua

Nudez Sagrada.


Lilith,

Mãe Lilith,

Mãe Cósmica,

Vejo Ainda Um Portão,

De Um Certo Egrégora

Que Denominam Como

Deus Único,

Te Vejo No Trono Dele,

As Pernas Abertas,

A Cabeça Dele Entre Estas.


Lilith,

Mãe Lilith,

Mãe Cósmica,

Tu bates agora

à minha porta...


Inominável Ser

ATENDENDO

LILITH




Nenhum comentário: