terça-feira, 19 de agosto de 2008

Oferecendo Meu Governo Nas Esferas


Eu Encarno A Força Primeira.


Eu Encarno A Corda Primeira.


Eu Encarno A Roda Primeira.


Eu Encarno A Estrada Primeira.


Eu Encarno A Aurora Primeira.


Eu Encarno A Magia Primeira.


Eu Encarno A Serpente Primeira.


Sou Os Símbolos Do Poder Primaveril.


Estou Nos Símbolos Do Poder Primeiro.


Sou Os Símbolos Do Poder Do Veraneio.


Estou Nos Símbolos Do Palco Primeiro.


Sou Os Símbolos Do Poder Outonal.


Estou Nos Símbolos Do Patamar Primeiro.


Sou Os Símbolos Do Poder Invernal.


Estou Nos Símbolos Do Sexo Primeiro.


Sou Os Símbolos Das Estações Perdidas.


Estou Nos Símbolos Das Noites E Dos Dias.


Sou Todas As Noites.


Sou Todos Os Dias.


No Deserto, O Sol Branco É Meu Amante.


No Deserto, O Sol Negro É Meu Eterno Esposo.


No Deserto, A Lua Branca É Minha Amante.


No Deserto, Eu Sou A Lua Negra.


Fora Do Deserto, Eu Sou A Lua Negra.


Força E Forma Do Deserto, Eu Sou A Lua Negra.


Me Chamam De Maldita E Eu Sou Maldita.


Me Chamam De Bandida E Eu Sou Bandida.


Me Chamam De Meretriz E Eu Sou Meretriz.


Me Chamam De Vagabunda E Eu Sou Vagabunda.


Me Chamam De Vadia E Eu Sou Vadia.


Me Chamam De Deusa E Eu Sou Uma Deusa.


Me Chamam De Entidade E Eu Sou Uma Entidade.


Me Chamam De Grande Fêmea.


Eu Sou A Grande Fêmea.


Me Chamam De Grande Serpente.


Eu Sou A Grande Serpente.


A Grande Fêmea Lilith.


A Grande Serpente Lilith.


Abrigo Em Mim O Sendeiro Iluminante.


Ofereço A Ti, Filha, Minha Senda Serpentina.


Abrigo Em Mim O Infinito Iluminador.


Ofereço A Ti, Filho, Minha Senda Serpentina.


Corrijo Os Erros Dos Atritos.


Sou Consoladora Sagrada Dos Existencialmente Aflitos.


Meço O Peso De Cada Ruína.


Construo O Templo De Cada Doutrina.


Percorro As Vias De Vários Desertos.


Sou A Perdida E A Encontrada.


Sou A Oferecida.


A Oferecida Embriagada.


A Oferecida Embriagante.


A Oferecida Vossa Mãe E Irmã E Amante E Amiga.


A Oferecida Lilith.


Oferecida Governante Das Esferas.


A Verdadeira Governante Das Esferas.


A Mãe Cósmica Serpentina.


Inominável Ser

GOVERNANTE

LILITH







3 comentários:

cheiademanha disse...

não achei seu banner pra colocar em meu blog mas estou levando o lnk pra colocar em meus favoritos.
amei aqui adorei ostextos...
suave seja!
bjos..na alma
.
.
sandrinha

Sagathana disse...

Passando mais uma vez para deixar um alô, suas poesias são maravilhosas, congratulações por sua sensibilidade e percepção! Saudações nobre.

Inominável Ser disse...

Obrigado pelas palavras neste blog já marcado pela hipocrisia humana como de "conteúdo impróprio"...

Mas, isto para mim é um GRANDE HONRA, UM GRANDE ELOGIO, UMA GRANDE AFIRMAÇÃO DISTO: EU SOU UM GRANDE MALDITO!!!

Isso é delicioso para mim...