terça-feira, 12 de agosto de 2008

Teu Corpo Batizado Pelo Inominável Esperma Meu


Um espaço

De um metro e cinco

Centímetros

De distância,

Eu me masturbo,

Tu abre

A boca...


É,

Masturbação

É bem gostoso,

Depende de ter-se

A mente aberta,

Depende de ter-se

Bom gosto...


E Tu Sabes,

Lilith,

O quanto me masturbo

Pelas madrugadas

Com um festival

De fodas virtuais

E imaginadas,

Como me sinto bem

Nas energias

Da Grande Energia

Da Foda Universal!


Masturbador,

Punheteiro,

Caralho,

Eu sou,

Não me envergonho,

Pois cada gota

De Inominável Esperma

Que cai

Do meu pau

É a Ti consagrado

E não para

Uma qualquer

Da rua,

Da Internet,

Da minha mente!


Nenhuma bunda,

Nenhuma coxa,

Nenhum peito,

Nenhuma buceta,

Das humanas

Que me seduzem,

E poucas são

As que me atraem,

É comparável

À Tua bunda,

Às Tuas coxas,

Aos Teus seios,

À Tua buceta!


Voltando ao princípio,

Eu me masturbo,

Tu abres a boca,

Cada movimento

Da minha mão direita

Possui em si

Um cântico

De idioma morto

Há muitos e milhares

De longínquos anos...


Ouça,

Lilith,

Eu recito

LILITU LILITU LILITU

AKAM MA'POER DER

RYSUR N'OOA AAEANE

LILITU LILITU LILITU...


Ouça,

Lilith,

Eu me masturbo

E recito

LILITU LILITU LILITU

GALYMADAEROPSOA

MASJAERAPEOERAOSP

LABAREMTAUTREANUGB

LILITU LILITU LILITU...


Ouça,

Lilith,

Estou me

Masturbando,

Estou

Recitando

LILITU LILITU LILITU

IBRA HIMAYN

IBROE FAREN

INERE JEAKUN

LILITU LILITU LILITU...


Ouça,

Ouça meu pau,

Ouça o correr

Do sangue meu

Nas veias

Do meu pau,

O sangue nas veias

Do meu pau

Corre por Ti,

O sangue nas veias

Do meu pau

Cai por Ti,

O sangue nas veias

Do meu pau

Concentra-se por Ti...


Ouça,

Estou começando...


Ouça,

Está começando...


Ouça,

Começou...


Ouça,

Meus espasmos...


Ouça,

Meus espasmos...


Ouça,

Meus esperma...


Abra mais a boca...


Abra mais a boca,

Grande Piranha Divina

Desgraçada...


Abra mais a boca,

Grande Vagabunda Celestial

Desgraçada...


Abra mais a boca,

Grande Cadela Cósmica

Desgraçada...


Agora...


Agora foi...


Sinta...


Jorradas...


Sinta...


Meus espasmos...


Sinta...


Meu maior orgasmo...


Sinta...


Eu grito...


Sinta...


MEU ESPERMA

MEU ESPERMA

MEU ESPERMA

MEU ESPERMA

MEU ESPERMA

MEU ESPERMA

MEU ESPERMA

MEU ESPERMA

MEU ESPERMA!!!


Sinta...


Estou caído...


Sinta...


Não estou cansado...


Sinta...


Olho para ti...


Sinta...


Teu rosto com o meu

Inominável Esperma...


Sinta...


Teus seios com o meu

Inominável Esperma...


Sinta...


Tua barriga com o meu

Inominável Esperma...


Sinta...


Tua coxa direita com o meu

Inominável Esperma...


Vou me masturbar

De novo

E lançar em Ti

Mais do meu

Inominável Esperma...


Sinta...


Inominável Ser

COM SEU PAU

NA MÃO

E PREPARANDO

MAIS DE SEU

INOMINÁVEL ESPERMA

PARA

LILITH








Nenhum comentário: