terça-feira, 23 de setembro de 2008

Da Gema Da Luxúria E Da Clara Da Devassidão


É com terror que eu vejo atualmente ao destruir das instituições ora ditas sagradas. Os herdeiros das palavras do Cristo, de Maomé, de Moisés, dos Grandes Espíritos Reveladores Do Verbo Do Um Na Terra, tornados uns montes de fracassados de merda. Não há mais O Sagrado, Sagrada Lilith Do Grande Deserto, há apenas uma falsa aparência de sagrado, uma falsa aparência de Verdadeira Fé no Sagrado, O Verdadeiro Sagrado, Perdido Sagrado. Em terras, antigas terras, da Terra Dourada, Dourada Terra, Lilith, eu comunguei Contigo através do Sagrado e soube, pela primeira vez, da fé com razão em caminhar pelo calor do Deserto, o Vosso Deserto. No Deserto Para O Qual Te Retirastes, No Grande Deserto, Tu Recebes Aqueles Que Como Ti Nasceram Do Ovo Do Natural. Tu recebes, Lilith, aos que como Ti não advogam a favor do Maior De Todos Os Egrégoras, Aquele Desgraçado Venerado Como O Deus Único! Tu recebes no Grande Deserto, Lilith, aos que do Ovo vieram, no Ovo estão e ao Ovo retornarão, como Filhos Perdidos E Encontráveis Diante Do Original Envoltório Originador De Suas Verdades! Tu me recebestes no Grande Deserto, Mãe Lilith! Tu me recebes no Grande Deserto, Mãe Lilith! Tu me receberás, sempre, no Grande Deserto! Sou Do Mesmo Ovo Do Qual Viestes! Sou Da Mesma Gema Na Qual Te Formastes! Sou Da Mesma Clara Da Qual Te Descartastes!



Sagrada Sombra

Que Ilumina O Véu Noturno

Tece Um Tapete

De Esmeraldas Eternas

Para Que Vossos Pés

De Serpentina Senhora

Possam Pisar

Com Dignidade

De Deusa Primeira


Santíssima Lilith

Luzidia Iluminadora


Plenos Se Aproximam

Os Filhos Dos Arautos

Das Eternas Cinzas

Dos Antigos Tempos

A Trazerem Os Livros

Da Ruína Da Criação

Para Os Seguidores

Do Anti-Natural


Santíssima Lilith

Beldade Purificadora


Lamentos De Mortos

Nos Cemitérios Quebrados

Marcam A Esfera Toda

De Cada Um Dos Vossos

Desérticos Passos Ardorosos

Passos Que Queimam

Todos Os Solos

Todos Os Templos

Todos Os Tempos


Santíssima Lilith

Unidade Consoladora


Os Filhos Das Manhãs

Se Escondem

Os Dias Morrem

Os Meios-Dias Adormecem

Apenas Permanece No Kosmos

O Poderio Dos Filhos

Da Grande Noite

A Grande Noite Em Verdade

A Meia-Noite Da Verdade


Santíssima Lilith

Dualidade Renovadora


Ela Traz A Areia Contaminada

Pelo Líquido De Seu

Primordial Nascimento

Seu Odor É Caos E É Sereno

Seu Torpor É Lama E É Balsâmico

O Ovo Renascido Ela É

O Ovo Da Origem

De Toda Luxúria

De Toda Devassidão


Santíssima Lilith

Trindade Rejuvenescedora


Ela Traga A Fraqueza

Ela Traga A Fortaleza

Ela Traz O Tesouro

Das Negras Forças

Ela Traz O Besouro

Das Negras Fortalezas

Ela É Todas As Negras Forças

Ela É Todas As Negras Fortalezas

Temam-Na Com Firmeza


Santíssima Lilith

Gloriosa Inumerável


Ela Balança O Corpo

Caem As Virgens Cabeças

Ela Mexe Os Quadris

Caem As Virgens Realezas

Ela Mostra A Buceta

Cuidado

Quem Não Está Acostumado

Com A Visão Do Deserto

Extingue-Se Fulminado


Santíssima Lilith

Esplendorosa Infinita


Ela É Orgia Que Atravessa

As Noites Ermas

Ela É Propriedade De Libertinos

Que Arremessa A Todos

Na Perdição Da Carne Desértica

Ela É Solitária

Ela É Todos

Ela É Solidão Libertária

Ela É O Todo Libertador


Santíssima Lilith

Ritualística Eternizada


Tua Lilith Está Aí

Nossa Lilith Está Aqui

Coragem Para A Descobrir

Coragem Para A Convidar

Para Seu Leito Nas Noites

De Choros E Mal-Estar

Sejas Luxúria

Sejas Devassidão

Sejas Libertado


Santíssima Lilith

Ceia Sacrificadora


Quebres O Podre Ovo

Religioso

Rejeites O Podre Ovo

Político

Cremes O Podre Ovo

Social

Sejas Escriba Da Tua

Liberdade Existencial

Sejas Teu Deserto Afinal


Santíssima Lilith

Virgem Corrompedora


Tenhas A Lei Do Deserto

Tenhas A Lei Dela

Não Te Sacrifiques Pelos

Danos Deste Mundo

De Apodrecidos Ovos

Comas Da Gema

Do Ovo Do Natural

Comas Da Clara

Do Ovo Do Natural


Santíssima Lilith

Madonna Natural



Escritura Entregue A Ti, Lilith, No Conservado Ovo Naturalmente Nascido Da Minha Luxúria E Da Minha Devassidão.


Inominável Ser

UM OVÍPARO ESCRIBA

DO DESERTO

ETERNIZADO NO LIVRO

DE

LILITH









Nenhum comentário: