terça-feira, 23 de setembro de 2008

Da Serpentina Natureza E Da Leveza Do Envenenar


Legando-me aos assombros das Noites Serpentinas, eu me sinto tal qual um agitado redemoinho preso a um vácuo do espaço dos meus sentidos perdidos. É grande, gigantesca, a minha distância da dimensão de uma humana buceta e até que eu poderia estar agora a chupar uma humana buceta, mas não me interesso pelas humanas bucetas... Em 1349, época de muitas Trevas em minha Idade Menor, até que pude chupar muitas bucetas empunhando a cruz de um Cristo forjado sem dó por uma igrejinha que hoje é arremedo de religião e amontoado de pó. Não tem buceta, mas A Serpente se agita em minha coluna vertebral e enrosca-se no meu pau... A Serpente agita-se, esta velha Serena Serpente, Antiga Serpente conhecida como Kundalini... Matando-me... Matando-me, eu penso que humanas bucetas... Lilith, Kundalini é a Vossa Mão, Serpentina Mão, que aqui em mim se faz, que assim se faz em todos os Vossos Filhos Da Serpentina Missão! Fico sem humans bucetas, É a Tua... A Tua... A Tua buceta... A Buceta Da Serpente Maior Das Obras Destruidoras E Construtoras Da Criação! Tal Buceta, Tua Buceta, Tua Buceta, Tua Buceta! Segure-me por Kundalini... Segure-me através de Kundalini... Minha Serpente Mãe, pique-me, pique-me, pique-me, pique-me, pique-me, pique-me, pique-me, pique-me, pique-me...



Me assemelho ao diálogo

a Kundalini Dança

eu mato meu dançar

quero minha

Serpentina

Herança


LILITU

MATARAK

KADUR

RANEEN


Semblante gélido

gélido como meu corpo

de Vampiro dos trópicos

que sonha com

Serpentina

Buceta


LILITU

YMAKA

KARANAN

NAMERA


O gemido estampa

a agitação das agruras

da minha sanha por Ti

Lilith

Bucetuda

Bucetuda


LILITU

AHAJA

NAERAO

OBOTOS


Barras de aço em meus

lábios de macho

não quero beijar as desgraçadas

deste humano mundo

Serpente

Beijo


LILITU

UMAUS

REANAM

MALAKUR


Letras de ferro

brindes dos Infernos

enferrujo meu pau

e me guardo para

Vosso

Serpentear


LILITU

UYGARAN

NAOJAREN

NAOEREN


Que Dança

Dança Serpentina

Serpentina Dança

Kundalini move-me

Danço

Serpentino


LILITU

TUAOE

PARANUN

NYSGERAN


Minhas mãos envolvem-me

o pau de macho soldado

do Exército Das Trevas

Tuas Mãos me ajudam

Aperte

Serpente


LILITU

ISLKYBAR

NASDERAM

MAKALUR


Lições de ramificações

as ramificações das lições

mordidas e apertos

Lilith

Peço

Serpentes


LILITU

KAUSJUR

TERABUN

IDERAHE


Casos de internação minha

minha masturbação Te convida

as Serpentes me encobrem

mordam-me mordam-me mordam-se

Serpentinas

Amadas


LILITU

GAARU

UNITU

USABUR


Meu caralho dançante

meu caralho de macho dançante

Tu animas as Serpentes

eu me animo

Amado

Serpentino


LILITU

HABABUR

RANASE

ERANU


Meu caralho

meu doce caralho

que cheira a doce de ralo

mordido mordido mordido

Serpentino

Alívio


LILITU

LIBA

NAJAHU

NAITEROH


Arrombo a porta

masturbo minha alma

junto com o meu caralho

penso em Ti

Serpente

Imperatriz


LILITU

HAJANU

UIRATER

RAMANUS


Está saindo

saindo o sangue

Serpentino sangue

saindo o esperma

Serpentino

Esperma


LILITU

PALAUS

SANAMAN

NAJIIR


Saindo

Serpentino Licor

Saindo

Serpentino Lodo

Serpentino

Gosto


LILITU

HAANA

NAOPERA

ANATAN


Saiu

Saiu

Saiu

Saiu

Serpentino

Manipular


LILITU

LILITAS

LILITANASAR

LILITASUR


Saiu

eu caio por aqui

saiu

eu caio sem estar aqui

Serpentino

Doutrinar


LILITU

YMAGOO

LILITU

OOFLAON


Eu estou em um

Negro Portal

atravessando as

Negras Dimensões

Serpentino

Desdobrar


LILITU

LILITAIS

LILITANAR

LILITANAUS


Meu sangue

meu esperma

caindo aos pés

do Guardião Do Umbral

Serpentino

Pagamento


LILITU

AJJANE

LILITU

AIINAME


Eu chego deitado

deitado

diante de Ti

de Ti

Serpentino

Fim


LILITU

LILITANUS

LILITUNUS

LILITANAUR


Tu

Lilith

Rasteja até meu corpo

com o caralho apagado

Serpentino

Raio


LILITU

UUS

LILITU

YYS


Tu rastejas

Lilith

e começa a lamber-me

os pêlos da púbis

Serpente

Curar


LILITU

LILITAANUR

LILITAOSNOS

LILITANAJONOS


Teu cuspe umedece

Lilith

meus pêlos

e fervem em graus tremendos

Serpentino

Cozinhar


LILITU

ZANYR

LILITU

AZARUR


Tua língua

Serpentina Língua

Lilith

faz o meu caralho feliz

Serpentina

Boquetada


LILITU

LILITANAMA

LILITANOUMA

LILITANARAMOUA



Escritura Entregue A Ti, Lilith, Portando A Clareza Do Caralho Desta Serpente Que Se Enrosca Em Ti.


Inominável Ser

UM SERPENTINO ESCRIBA

DO DESERTO

ETERNIZADO NO LIVRO

DE

LILITH








Um comentário:

cheiademanha disse...

Oi não consegui inserir seu banner no meu blog tentei várias vezes e só dá erro por favor me mande o código novamente ..ok
suave seja
bjos..no coração
.
.
Sandrinha

PS: desculpe o incomodo