segunda-feira, 13 de outubro de 2008

O Grande Garanhão A Cavalgar Dentro Do Cu De Lilith


No Deserto Dos Lagos

Da Negra Aurora Morta

Aos Olhos De Humanos Escravos,

minha Viagem,

minhas Visões,

meus poéticos espaços

nos Impérios E Reinos De Lilith

continuam

continuam

continuam

continuam

continuam

continuam

continuam

continuam...


Ah,

Animais Sagrados,

Todos Vós Alimentais

Um Amor Eterno

De Eternos Amores

Pela Grande Lilith

Do Grande Serpentino Amor

Da Cósmica Animalidade!


Eu sou um animal

nada sagrado,

um tipo esquisito e sinistro

dedicado a uma Grande Senhora,

A Grande Senhora Lilith

que agora está a cavalgar nua

acima do Grande Garanhão

Cujas Patas Já Sacudiram

Todas As Estrelas Da Criação.


Eles cavalgam

por entre todos os

Lagos Do Grande Deserto,

penetram nas Negras Praias

Do Grande Deserto,

e a Areia,

não a Água,

Lhes convoca para continuarem

A Negra Cavalgada.


Negra Cavalgada,

A Negra Cavalgada,

afastados os estúpidos momentos

de densidade autopiedosa minha,

assisto maravilhado

A Negra Cavalgada,

Lilith sentindo o calor

do Grande Garanhão,

O Grande Garanhão

sentindo o calor da buceta Dela

em Seu pêlo a roçar!


Negra Cavalgada,

A Negra Cavalgada,

Semente De Ocultas Visões

que agora tenho,

Visões que aqui não cabem,

Visões que aqui não caberiam,

eu me calo,

eu cavalgo,

Cavalgo

Cavalgo

Cavalgo

Cavalgo

Cavalgo

Cavalgo

Cavalgo

Cavalgo

Cavalgo...


O Palácio De Lilith...


O Palácio Da Mãe Lilith...


O Palácio Da Serpente Lilith...


O Palácio que contemplo

com meus não-mortais olhos

de Serpentino Filho

De Lilith!


A Negra Cavalgada

Nele se finda,

A Amazona Lilith

E Seu Garanhão Amante

ao Grande Leito Do Deserto

se dirigem.


O Grande Garanhão trota

e já exibe o seu pau

que é um colosso acima

dos paus dos cavalos

do Planeta Terra,

os cavalos da Matéria.


O Grande Garanhão trota

e Lilith rebola olhando

para o pau Dele a se exibir,

querendo logo adentrar

em seu Recinto Desértico,

querendo logo ficar de quatro

para o pau Dele Lhe dar

O Beijo Correto.


Eles chegam ao Leito,

Lilith engatinha até o mesmo,

O Grande Garanhão segue-A

cheirando-Lhe o cu,

odor que endurece seu pau,

um pau Semelhante À Montanha

Da Criação Que Infinitamente

Cavalga Por Toda A Eternidade

Em Patas De Selvagens Garanhões

Sagrados.


Lilith chega ao leito,

empina bem seu cu e o abre mais

com as duas mãos,

o Grande Garanhão,

de uma tacada só,

com um silencioso mover,

crava todo seu pau

no cu da

Sagrada Senhora Do Anal!


Lilith geme

e contém Seu grito,

vai gemendo enquanto

Ele se move dentro de seu cu,

cu que vai empinando e mexendo,

cu que vai abrindo mais com as mãos

para que possas sentir

o peso a mais do Seu

Amante Sagrado!


O Grande Garanhão

se aproveita de todo o cu Dela,

cu que sangra,

cu que sangra demais,

cu que se abre mais,

cu que é o de uma

Grande Égua,

Meretriz Das Fazendas

Do Negro Astral!


O sangue do cu Dela

vou sorvendo,

o odor do pau Dele

vou sorvendo,

o suor Dela

vou sorvendo,

o suor Dele

vou sorvendo,

ah,

imagines aí,

seu humano cavalo,

sua humana égua,

como é assistir

a algo que supera todo

filme pornográfico,

imagines como é

saborear

O Sangue Do Cu De

Lilith,

O Odor Do Pau

Do Grande Garanhão,

O Suor De

Lilith,

O Suor Do

Grande Garanhão!


Sorvo tudo,

sorvo tudo,

A Foda Da Grande Égua

Com O Grande Garanhão

continuou,

eu sorvendo tudo

eu sorvendo tudo

eu sorvendo tudo

eu sorvendo tudo

eu sorvendo tudo

eu sorvendo tudo

eu sorvendo tudo

eu sorvendo tudo

eu sorvendo tudo...


E querendo ser

um Grande Garanhão,

sua égua a passar os olhos

nesta Vulva,

para enfiar-lhe meu pau

em teu cu,

tirar-lhe sangue demais,

o sangue tudo,

sorvê-lo junto com o seu suor

e,

por fim,

como fez e faz

O Grande Garanhão

com Lilith,

gozar após destruir-lhe

todas as pregas do cu!


Seu cu não é como

o de Lilith,

sua égua a me ler,

não iria se recobrar

da perda de todas as

pregas

e eu iria adorar a sua dor

e o seu sofrimento

sem metade de seu sangue

e sem cada uma de suas

pregas!


ASSIM COMO

O GRANDE GARANHÃO

CAVALGOU NO CU DA

GRANDE ÉGUA LILITH

EU QUERO CAVALGAR

NO SEU CU,

SUA HUMANA ÉGUA

ARROMBADA DO CARALHO

FILHA DE UMA ÉGUA

MUITO MAIS ARROMBADA

DO CARALHO

AINDA!!!


E quero o sangue do teu cu

em meus lábios...


Inominável Ser

CAVALGANDO

COMO UM

GRANDE GARANHÃO

DENTRO DO CU

DA GRANDE ÉGUA

LILITH









Nenhum comentário: