terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Dedos Que Exploram A Explosão Da Maior De Todas As Vulvas


Corpo: Insistente Insinuante Raio Que Separa As Fontes Determinativas Do Rumo Das Águas Corajosas Que Correm Nos Corretos Corações Das Terras Gloriosas Da Celebração



O Destino

De homens como eu

É

A Solidão.


O Destino

De poetas como eu

É

A Solidão.


O Destino

De escritores como eu

É

A Solidão.


Diferente de Baudelaire,

Não creio que putas

Possam ser

Amantes ideais.


Diferente de Baudelaire,

Não creio que burras

Possam ser

Amantes ideais.


Diferente da maioria humana,

Não creio que uma

Humana mulher humana

Possa me satisfazer.


Por isso,

Nas Trevas Da Deusa Solidão,

Lilith,

Eu Te procuro.


Por isso,

Nas Trevas Da Deusa Solidão,

Lilith,

Eu Te encontro.


Por isso,

Nas Trevas Da Deusa Solidão,

Lilith,

Encontro Tua Vulva.


Tua Vulva,

A Maior Das

Vulvas

Da Criação!


Tua Vulva,

A Vulva Perfeita

Para este homem

Que eu sou!


Tua Vulva,

A Vulva Perfeita

Para este poeta

Que eu sou!


Tua Vulva,

A Vulva Perfeita

Para este escritor

Que eu sou!


Tua Vulva,

A Vulva Mais Do Que

Perfeita

Do louco aqui!


Louco,

Eu enlouqueci

Por querer dedar

A Vulva Onisciente?


Louco,

Eu enlouqueci

Por querer apenas dedar

A Vulva Onipotente?


Louco,

Eu enlouqueci

Por apenas querer dedar

A Vulva Onipresente?


Sou louco,

Mulher a ler-me,

Por desprezar

A vossa vulva?


Sou louco,

Mulher a ler-me,

Por não querer contigo

Qualquer comércio carnal?


Sou louco,

Mulheres do mundo,

Por não querer convosco

Todo tipo de relação carnal?


Sim,

Sou um homem louco,

Louco

Pela Vulva De Lilith!


Sim,

Sou um poeta louco,

Louco

Pela Vulva De Lilith!


Sim,

Sou um escritor louco,

Louco

Pela Vulva De Lilith!


Sim,

Eu sou Vosso louco,

Lilith

Louco da Vossa Vulva!


Sim,

Lilith,

Prefiro A Grande Loucura

Da Vossa Vulva!


Sim,

Lilith,

Prefiro A Eterna Loucura

Da Vossa Vulva!


Sim,

Lilith,

Prefiro A Estrondosa Loucura

De Vossa Vulva!


Sim,

Lilith,

Prefiro a loucura

Dos meus dedos!


A loucura dos

Meus dedos

De homem

Em Vossa Vulva!


A loucura dos

Meus dedos

De poeta

Em Vossa Vulva!


A loucura dos

Meus dedos

De escritor

Em Vossa Vulva!


A loucura

De um amigo de

Baudelaire

Que prefere-Te!


A loucura

De um dedador

Da Grande Puta

Que Tu És!


A loucura

De um dedador

Da Grande Inteligência

Que Tu És!


A loucura minha,

A Loucura Inominável,

Natural Estado,

Natural Existência!


A Deusa Solidão

Me atormenta

Quando desejo

Uma humana vulva...


A Deusa Solidão

Foge

Quando estou dedando

Vossa Vulva!


Inominável Ser

DEDANDO

A VULVA DE

LILITH








Nenhum comentário: