segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

A Invenção De Um Seguro Vaginal Abismo Maternal


Das Mães todas

Presentes

No Panteão Universal

Das Mães Da Criação,

Tu repousas,

Em Livre Extensão,

Em Livre Expressão,

Lilith,

Como Aquela Que Possui

A Vagina Que Doada É

Para Os Que

Nela Se Amamentam

De Formas

Reais.


Vagina,

Vulva,

Dois Nomes,

Um Nome,

Mas,

Por que assim

Nomear de vez

O que tem todas

As vezes

Em todos os

Revestidos Caminhos

De Vozes Preenchedoras

De Carnes?


Vagina,

Vulva...


Eu me amamento

Nela...


Vagina,

Vulva...


Eu me amamento

Nela...


Vagina,

Vulva...


Eu me amamento

Nela...


Vagina,

Vulva,

Vaginal Abismo,

Vulvístico Abismo,

Excelência De Caminhos

Da Verdadeira Caminhada,

A Caminhada Que Livra

Da Podre Mortalha

De Abaixar A Face

E Orar Pelo

Anti-Natural!


Vaginal Abismo

Inventor...


Amamentação...


Amamentação...


Amamentação..


Vaginal Abismo

Inventor,

Vulvístico Abismo

Inventor,

Como te denomino

Afinal,

Como não te denomino

No final?


Eu,

Lilith,

Eu,

Eu,

Eu,

Eu,

Eu,

Eu,

Eu,

Eu,

Eu,

Inventando nomes

E inventando

Não-Nomes,

Diante das amamentações

Em Vassa Vagina,

Diante das amamentações

Em Vossa Vulva,

Como denominar

A Vossa Abismal

Eterna Jóia,

Como denominar

A Vossa Abismal

Eterna Riqueza?


Eu invento...


Amamento-me...


Eu invento...


Amamento-me...


Eu invento...


Amamento-me...


Eu invento...


Amamento-me...


Eu compreendo,

Eu aí dentro,

Lilith,

De Vosso

Vaginal Vulvístico

Abismo,

Para que me preocupar

Com denominações

Se tenho que me ocupar

De amamentações?


Meu rosto

Todo aí...


Minha língua

Toda aí...


Meus olhos

Aí...


Meu Espírito

Aí...


Minha Alma

Aí...


Vaginal

Vulvístico

Abismo...


Vaginal

Vulvístico

Abismo...


Vaginal

Vulvístico

Abismo...


Mamar...


Mamar...


Mamar...


Mamar...


Mamar...


Mamar...


Mamar...


Mamar...


Mamar...


Grande Mãe,

Abra mais

Aí,

Quero mais fundo

Mamar

Aí...


Inominável Ser

MAMANDO MUITO

NO

VAGINAL VULVÍSTICO

ABISMO

DE

LILITH








Nenhum comentário: