terça-feira, 14 de abril de 2009

O Negro E O Rubro Do Cigarro Que Me Traga


Fodam-se os ministérios

da humana saúde,

eu quero sentir o cheiro

do cigarro que Ela fuma

me olhando com uma expressão

de puta perigosa,

uma Deusa Das Pombagiras,

uma Esposa Dos Exus,

a própria Pombogira,

a própria Primeira Esposa De Exu.

Minhas pernas estão balançando,

Ela percebe e gargalha,

instantaneamente jogando

um pouco da cinza do Seu cigarro

na cabeça do meu pau

e nos meus ovos.

Não sou queimado...

Não sou torturado...

As cinzas,

as quentes cinzas

do cigarro de Lilith

caem mais profundamente

em meu pau

e nos meus ovos,

eu tenho um delírio,

não,

eu tenho uma Visão,

Pombagiras e Exus

dançando nas madrugadas,

Pombagiras e Exus

esfregando-se nas encruzilhadas...


LAROIE!!!


Exu Do Tronco Do Cemitério

dá uma trepada com

Maria Padilha Das Almas

na esquina da minha rua...

Exu Tranca-Rua Das Almas

dá uma gozada na cara de

Maria do Rosário...

Exu Toco

dá estocadas ferozes em

Maria Mulambo...

Exu da Lama

enlameia o corpo de

Maria Padilha Das Trevas...

Exu Do Fogo

queima a buceta de

Maria Padilha Do Inferno...

Exu Caveira

crava ossos entre as tetas de

Maria Padilha Do Cruzeiro Do Cemitério...

Exu Mangueira

enche de folhas a bunda de

Ana Caveira...

Exu Lúcifer

ilumina as tetas de

Ana Do Punhal...

Exu Omulu

faz um ritual nos lábios da

Cigana Rosa Das Encruzilhadas...

Exu Aranha

faz uma teia no fundo do cu da

Cigana Adriana Da Areia...

Exu Morcego

se pendura nas volumosas tetas de

Maria Padilha Do Cabaré...

Exu sda Mweia-Noitwe

xcruza um pwentagrama na buxcewta dsew

Mariana sdo Cabaré...

Exu Dos Porcos

come uma lavagem nas costas de

Marília Do Arrasta-Pé...

Exu Da Morte

esfaqueia o abdômen de

Raquel Do Laço Do Inferno...

Exu Das Sete Encruzilhadas

enfia a cara dentro do cu de

Vanessa Das Perdidas Almas...

Atabaques tocam nas madrugadas,

os Exus de todo o mundo

fodendo como ordena

A Natureza Una,

as quentes cinzas do cigarro

de Lilith

caem mais,

outras Visões nas encruzilhadas

de um Ritual Maior...


LAROIE!!!


Pombogira e Exu dançam

no meio da

Encruzilhada Dos Mundos,

Zé Pelintra é o maestro

dos vinte e dois atabaques

tocados por vinte e dois chefes

das Falanges Dos Malandros,

a Dança maravilhosa acompanha

todas as fodas dos mundos,

a Dança formosa é a própria

Foda Formadora Dos Mundos!

Pombogira e Exu dançando,

Vejo As Forças Das Vidas,

Vejo As Forças Das Mortes;

Vejo Os Sentidos Das Vidas,

Vejo Os Sentidos Das Mortes;

Vejo Os Destinos Das Vidas,

Vejo Os Destinos Das Mortes;

Vejo Os Infinitos Das Vidas,

Vejo Os Infinitos Das Mortes;

Vejo Os Verdadeiros Vivos,

Vejo Os Verdadeiros Mortos!

Pombogira E Exu Dançando

Na Encruzilhada Dos Mundos,

As Portas Abrem-Se Mais,

As Portas Não Se Fecham Mais,

As Portas Não Se Quebram Mais,

As Portas Não Caem Mais,

As Portas Não Fogem Mais,

Eu Vejo A Dança Sagrada

E Infinitas Pombagiras Nos Braços

De Infinitos Exus,

E Marie Padie Sentando No Meu Pau

E Abraçada Pelos Meus

Verdadeiros Braços,

Dão O Grito Maior Acompanhado

Pelo Maior Dos Já Sentidos Orgasmos!


LAROIE!!!


LAROIE!!!


LAROIE!!!


LAROIE!!!


LAROIE!!!


LAROIE!!!


LAROIE!!!


LAROIE!!!


LAROIE!!!


LAROIE!!!


LAROIE!!!


LAROIE!!!


LAROIE!!!


LAROIE!!!


LAROIE!!!


LAROIE!!!


LAROIE!!!


LAROIE!!!


LAROIE!!!


LAROIE!!!


LAROIE!!!


LAROIE!!!


Retorno...

Nada exausto...

Nada cansado...

Mais uma vez doutrinado...

Ela fuma o cigarro Dela,

agora sorrindo e ainda a me olhar

com aquele olhar oblíquo e raro,

nada dissimulado

e sim afirmativo de Sua continuidade

após a queda do último templo

da pagã conjuntura de ritualísticas

que na Terra do tempo antigo

venerava-A.

A sua continuidade

nos terreiros de Candomblé,

de Umbanda

e Quimbanda,

onde Ela É Pombogira,

A Companheira De Exu,

A Senhora Mãe Das Pombagiras,

A Serpente Que Se Revela

Nas Giras Dos Exus

Nas Manhãs,

Nas Tardes,

Nas Madrugadas!


Inominável Ser

SAUDANDO COM PALMAS

AO SOM DE UM SILENCIOSO

ATABAQUE

A NEGRA RUBRA GIRA DE

LILITH








Nenhum comentário: