segunda-feira, 4 de maio de 2009

Sangremos Juntos Rolando Por Cima De Cacos De Vidro...


O Espelho D'Alma Antiga

quebrou-se,

seus cacos caem ainda

em certos obscuros

lugares silenciosos

que são tumultuados

por corpos que pedem

sangue mui derramado.


Há um grito longo,

há um grito desesperado,

O Grito Forte,

O Grito Rápido,

O Grito Alto

de peles sedentas por

sangue mui derramado

naqueles cacos.


Eu ouço um gemido,

um gemido firme,

um gemido solitário,

meu gemido,

estou pegando um caco,

rasgo as veias do meu

pau,

Twe chamo...


Sangro nos cacos...

Meu sangue nos cacos...

Cheires meu sangue...

Ali nos cacos...

Aqui nos cacos...

Sempre nos cacos...

Quebrei meu Espelho D'Alma...

Sou Depravado Inominável...


Cheires meu sangue...

Cheires a poça de sangue...

Sangue e cacos de vidro...

Sangue e meus cacos...

Meus cacos cheios...

Cheios de vinho...

O vinho que faço com meus pés...

Pisando no sangue e no vidro...


Os cacos...

Meu sangue...

Estes cacos...

Aqueles cacos...

Todos os cacos...

Te trazendo...

Te chamando...

Te excitando...


Tu chegas agora...

Chegas...

Lilith...

Lilith...

Lilith...

Aqui...

Agora...

Sangres comigo...


Isso...

Lilith...

Deite-se aqui...

Lilith...

Por cima...

Lilith...

Corto com cacos Tua bunda...

Lilith...


Corto com cacos Tuas tetas...

Lilith...

Tu me abraças...

Lilith...

Nós rolamos nos cacos...

Lilith...

Meu pau sangrando...

Lilith...


Meu pau entrando...

Lilith...

Entrando na Tua xota...

Lilith...

Cacos no meu pau...

Lilith...

Cortando a Tua xota...

Lilith...


Tu gargalhando...

Lilith...

Eu gargalhando...

Lilith...

Vamos rolando...

Lilith...

Vamos rolando...

Lilith...


Cortamos nossos pescoços...

Lilith...

Tu sugas meu sangue...

Lilith...

Eu sugo Teu sangue...

Lilith...

Nos cortemos mais...

Lilith...


Rolemos...

Lilith...

Rolemos...

Lilith...

Rolemos...

Lilith...

Rolemos...

Lilith...


Inominável Ser

ROLANDO

POR CIMA

DE CACOS DE VIDRO

COM

LILITH









Nenhum comentário: