terça-feira, 16 de junho de 2009

Sacrifícios De Uma Paixão Avassaladora Como Infinitos Furacões


Paixão é um nome avassalador

insensatamente repetido

pelos lábios

dos que desconhecem

A Paixão,

A Verdadeira Paixão.


Te Vejo gargalhando

desses falsos sabedores

da Paixão,

Lilith.


Te Vejo gargalhando

com a mão no queixo,

Lilith,

ouvindo as conversas deles

sobre

A Paixão.


Te Vejo gargalhando,

Lilith,

apontando para as Almas

deles

e fazendo-os iludir-se

com muitos desejos

falsamente denominados

como

A Paixão.


Caminho pelos Mistérios

De Vosso Coração,

Mãe Da Carne,

eu remonto em mim

A Árvore Da Morte

acima da

Árvore Da Vida,

as Qlipoths queimam

trazendo o meu

Verdadeiro Nome,

as Sephiroths abrem-se

realizando o dizer

do meu

Verdadeiro Nome.


Isto é

A Paixão,

Avassaladora Paixão,

A Avassaladora Paixão,

Algo que Augustas Senhoras

como Tu,

Lilith Apaixonada Pelo

Deserto Dos Que Descobrem

A Verdadeira Paixão,

faz mais latente a cada

recinto fechado

e a cada

recinto aberto

conforme a vontade

das

Verdadeiras Almas

Apaixonadas.


Apaixonado,

Verdadeiramente

Apaixonado,

estou,

e é por Ti,

Senhora Mulher

Da Minha Alma,

Serpente Destruidora

Das Almas Fracas,

em Tua Vulva

me Vejo sorrindo

enquanto minhas mãos

acariciam-Te

os seios amigos

do maior dos sóis

da Criação.


É O Sol Da Paixão

Este Que Me Guia,

A Paixão

Cega,

A Paixão

Brutal,

A Paixão

Da Paixão,

Negra

Paixão,

Rubra

Paixão,

Branca

Paixão,

Cinzenta

Paixão,

que sai daqui

da minha

Eterna Alma

em

Serpentina Explosão!


Verdadeira Paixão,

Tu és minha

Verdadeira Paixão,

Serpenteando em mim

como uma oração,

A Oração

Do Deserto,

A Apaixonada Oração

Do Deserto,

A Oração Da Serpente,

A Apaixonada Oração

Da Serpente,

uma Oração Silenciosa

entoada pelos Vossos

Verdadeiros Filhos

como eu.


Não ouço mais

o que está fora,

apenas ouço

o que vem aqui

de dentro

agora,

e o que ouço,

Lilith,

é a Tua Voz

Maravilhosa,

A Tua Voz

Apaixonada,

A Tua Voz

Apaixonante,

Acasalando com o meu

Dragão,

Acasalando com o meu

Leão,

Acasalando com o meu

Lobo,

Acasalando com o meu

Escorpião,

me fazendo uma das mais

graves verdadeiras paixões

para esta poesia

que serpenteia

orando pela vossa

Automanifestação

nas internas areias

do fértil deserto

e fértil ilha

que eu sou.


A Paixão,

A Verdadeira Paixão,

Tu me acorrentas

Nela,

Tu Te acorrentas

junto comigo

Nela,

estamos de frente

um para o outro,

nos lançamos a um

encontro de lábios,

nos lançamos a um

encontro de braços,

nos lançamos a um

encontro de órgãos

apaixonados

localizados nos centros

de nossos corpos

um pelo outro

apaixonados...


Verdadeira Paixão,

não começa,

não termina,

não tem interpretação,

não tem ação,

não tem reação,

apenas é

PAIXÃO

PAIXÃO

PAIXÃO

PAIXÃO

PAIXÃO

PAIXÃO

PAIXÃO

PAIXÃO

PAIXÃO

PAIXÃO

PAIXÃO

PAIXÃO

PAIXÃO

PAIXÃO

PAIXÃO

PAIXÃO

PAIXÃO

PAIXÃO

PAIXÃO

PAIXÃO

PAIXÃO

PAIXÃO

PAIXÃO

PAIXÃO

PAIXÃO

PAIXÃO

PAIXÃO

PAIXÃO

PAIXÃO

PAIXÃO

PAIXÃO

PAIXÃO

PAIXÃO

!!!


Simples.


Amiga.


Valiosa.


Dentro.


Nada fora.


Inominável Ser

VERDADEIRAMENTE

APAIXONADO

PELA

VERDADEIRAMENTE

APAIXONADA

LILITH








Nenhum comentário: