quarta-feira, 15 de julho de 2009

Me Ame Como A Poesia Que Se Dedica A Sibilar Em Vosso Poético Ser


Ao Som Da Lira De Nahemah

Minha Irmã Que Comigo

Aqui Está

Vou Versando Sobre

O Amor Que Posso Ser


Ao Som Da Lira De Nahemah

Minha Irmã Que Comigo

Aqui Está

Vou Versando Sobre

O Amor Que Posso Dar


Ao Som Da Lira De Nahemah

Minha Poetisa Irmã

Vou Poetizando Sobre Como

Vós Deveis

Me Amar


Não Sou Do Tipo

Que Exige Almas Absortas

No Ledo Engano

De Apenas Amar

Em Condições Mundanas


Não Sou Daquelas

Que Exigem A Força

De Um Amor Movido

A Interesses Os Mais

Estranhos


Não Sou Oferecida

Por Oferecer-Me

Ou Por Ser A Simples

Puta Vadia

Que Adoro Ser


Eu Amo Como Amo

Sibilando E Picando

Aquelas E Aqueles

Aos Quais Posso

Revelar-Me Em Ser


Eu Amo O Que O Amor

De Serpentino Tem

A Oferecer

E Corro Nas Veias

Dos Deuses Do Amor


Quem Pode Me Amar

Deve Possuir Em Si

A Chave Do Meu Coração

Que Bate Poético

Por Cada Coração A Amar


Quem Me Conhece

De Verdade

Sabe Que Não Estou

Longe Das Pontes

Do Coração E Da Alma


Quem Me Conhece

De Verdade

Sabe Que Não Sou

Estátua Inerte

Em Inertes Altares


Quem Me Conhece

De Verdade

Narra Que Eu Sou

Movimento Genuíno

De Um Amor De Verdade


Amor De Verdade

Como O Amor

Da Poesia

Por Toda

Serpentina Lira


Amor De Verdade

Como O Amor

Da Poesia

Por Todo

Serpentino Coração


Amor De Verdade

Como O Amor

Da Poesia

Por Toda

Serpentina Alma


Sou A Serpente

Que Poetiza

A Serpente Poetisa

De Lábios Que Versam

Sobre Sibilares Amores


Sou A Estranha

Para Os Conhecidos

Sou A Conhecida

Para Os Estranhos

E Assim Poetiso


Minha Lira

Concorre Com

A Lira De Nahemah

E Juntas Ressoam

No Poético Mar


Minha Lira

É A Minha Vulva

Toda Aberta

Para Todo

Poetizar


E Não Digam

Que Lilith

Não Sabe Poetizar

E Nem

Declamar!


E Não Digam

Que Lilith

Não Sabe Poetizar

E Nem

Amar!


O Que Eu Mais Faço

É Sibilar

Para A Poesia

E Para O Amor

Pelo Verdadeiro Amar!


Inominável Ser

A SERPENTE POETISA

LILITH








Nenhum comentário: