segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Passos Abaixo E Acima Que Adentram E Condensam


Pés possuem inumeráveis segredos e pontuam, na mulher, o venerável empenho de um prazer pela sua forma, tessitura, tamanho e poder... Quanto vale o poder dos femininos pés mais belos? Quanto custa saber do poder dos femininos pés mais desejáveis? Quanto, enfim, vale e custa saber-se acerca do Poder dos pés de Lilith, A Primeira Mulher, A Primeira Mãe, A Primeira Senhora?



Estou no mais escuro

quarto aberto

aos rumos escusos

de um mundo absurdo.


Estou sentindo os passos

Dela,

A Vadia Serena,

A Vadia Mais Bela.


Prostituta imunda amorosa,

prostituta safada querida,

vem a aproximar-se de mim

atrevida e tímida.


Olhando para mim,

Ela sacode os pés,

cai a areia do Grande Deserto,

coberto sou com fé Nela inabalável.


Ela,

imitando as danosas formas,

sendo as danadas formaturas,

sobe em mim com formosura.


Ela esfrega os pés

em meu magérrimo peito,

eu deliro mais do que louco,

eu caio em transe atípico sem esforço.


Ela senta em meus ombros,

leva os pés aos meus lábios,

sugo cada dedo

como deliciado escravo.


Ela sobe no monitor

do meu filho computador agora,

envolve com os pés

a minha cara de fossa.


O cheiro dos pés

de Lilith

me faz lembrar de passos

que me deram mortes...


Como morri,

Lilith?


Caminhes Comigo

E Morras.”


Como Caminhar

Contigo,

Lilith?


Livre-Se De Vossa Vida

E Caminhes

Em Minha Vida.”


Como Caminhar

Em

Vossa Vida,

Lilith?


Poetizes Meus Pés

E Tu Saberás Acerca

Dos Passos Que Mais Vivem,

Inominável Poeta.”


Poesia simples,

poesia humilde,

poesia Vossa,

Lilith Dos Passos Das Auroras.


Inominável Ser

CAMINHANDO

NA VIDA

DE LILITH









Nenhum comentário: