segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Quero Acompanhá-la Neste Jogo De Vibrar

 

Sawsha - Erik Jones 

 

Eu viajo em uma nuvem de

sonetos redondos,

emoldurando uma visão

tão tipicamente

estrita

ao poder do sonho

entre as Suas

pernas.

Não há em Ti gelo,

nem o cansaço

permitindo-se voraz

nos lençóis alvos.

Não há em Ti distância,

nem a estância

do reto descalabro

das semelhanças.

Sou tão feliz

neste Jogo,

Lilith,

tão feliz quanto

eu posso ser,

inovando meus ritos

em honra à Vossa

esperançosa universalidade

entre as pernas.

Cito sonhos,

citas e armênios

aos Vossos pés,

druidas e aiatolás

lambendo-Lhe os pés,

santos e pecadores

venerando-Lhe os pés...

História,

A História,

conta o Vosso

Jogo...

A História,

desde os primeiros

estremecimentos de uma

foda

às fodas que agora

estão ocorrendo

em cada

lugar do mundo,

é cúmplice

de Vosso Jogo...

Há sempre uma buceta

quente,

O Jogo oferece

seus campos...

Há sempre uma pica

quente,

O Jogo oferece

seus antros...

Há sempre um cu

quente,

O Jogo oferece

seus meandros...

Eu Jogo,

Lilith,

eu Sei

Jogar,

eu Sou

parte do

Jogo,

Vosso Jogo

Eterno,

Vosso Jogo

Interno,

Vosso Jogo

Universal!

Sozinho com a minha

pica

ou com a língua

dentro de uma buceta,

estou fazendo parte

de Vosso

Jogo

para todos os

mortais

e

imortais!

E,

a cada Jogada,

aposto sempre

em Ti,

minha dedadora atroz

imunda maravilhosa

perfeita meretriz!

Vibra,

Serpente...

Vibra,

Serpente...

Vibra,

Serpente...

Vibra,

Serpente...

Vibra,

Serpente...

Vibra,

Serpente...

Vibra,

Serpente...

Vibra,

Serpente...

Vibra,

Serpente...

Inominável Ser

REALIZANDO

A ESTRATÉGIA

DO JOGO DE

LILITH

 

Technorati Marcas:

Nenhum comentário: