sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Manejando As Mais Preciosas Penetrações


A vulgaridade é um produto da civilização que se destruiu adquirindo hábitos morbidamente religiosos ainda mais vulgares. Foder não é crime, nunca foi um crime, mas as religiões pregadoras da moral e dos chamados “bons costumes” advogaram o direito de condenarem tudo que ia contra seus dogmas hipnoticamente abortivos da carnalidade e da naturalidade da carne. Tudo que Deus ou Natureza considera como normal e natural foi, então, arrastado para o fundo de um amontoado de condenações nascidas mais do fanatismo e da imbecilidade do que de um verdadeiro conhecimento das próprias forças naturais. Isto tudo é História, uma parte da infinda História desta Humanidade... Alguns de vós não estão nem aí para ela e consideram este espaço de erótica poesia apenas como um palco de versos regados a putarias... É, assim seja, para vós que assim pensais, não me importo e nem vou deixar de aqui também pensar, já que Lilith, a quem dedico este mesmo espaço, é uma Grande Mulher amiga do Conhecimento e da Sabedoria. Ela vai penetrando em tudo... Penetrando aqui... Penetrando ali... Além de cus, bucetas e bocas, Lilith penetra em muito mais, muito mais mesmo, minhas pervertidas e meus pervertidos irmãos... Muito, muito mais, mesmo...



Penetra A Serpente

Nos Mistérios

Da Terra,

Do Ouro,

Do Não-Óbvio,

Do Obscuro,

Do Sagrado,

Do Revelado.


Penetra A Serpente

Nos Mistérios

Das Origens,

Dos Fins,

Dos Meios,

Do Necessário,

Do Contingente,

Do Inobservável.


Penetra A Serpente

Nos Mistérios

Das Coroas,

Dos Cetros,

Das Copas,

Das Folhas,

Das Raízes,

Dos Troncos.


Penetra A Serpente

Nos Mistérios

Das Luas,

Dos Sóis,

Das Estrelas,

Dos Ventos,

Dos Oceanos,

Dos Firmamentos,

Dos Monumentos.


Penetra A Serpente

Nos Mistérios

Das Ruas,

Dos Esgotos,

Dos Lixões,

Das Encruzilhadas,

Dos Cemitérios,

Das Mansões.


Penetra A Serpente

Nos Mistérios

Da Leoa,

Da Loba,

Da Tigresa,

Da Águia,

Da Ursa,

Da Aranha.


Penetra A Serpente

Nos Mistérios

Do Leão,

Do Lobo,

Do Tigre,

Do Falcão,

Do Urso,

Do Escorpião.


Penetra A Serpente

Nos Mistérios

De Creador,

Do Automanifestado,

Do Manifestado,

Do Criado,

Da Vida,

Da Transformação.


Penetra A Serpente

bem possante,

bem silenciosa,

bem portentosa,

bem misteriosa,

bem corajosa,

bem ardilosa,

bem sutil...


Penetra A Serpente,

Manejando A Torre

Do Envenenante

Conhecimento,

Aquele Que Permanece

Em Todos Aqueles Que

Astutas Serpentes

Sabem Ser.


Inominável Ser

ASTUTA SERPENTE

COMO

LILITH

Nenhum comentário: