segunda-feira, 8 de julho de 2013

Os Poderes Da Buceta Que Surge Infindável




Sem limites,
limites temporais,
limites espaciais,
limites atemporais,
limites herméticos
Sua
buceta
surge
de uma beleza
sagrada,
de uma beleza
desejável,
de uma beleza
agradável,
de uma beleza
que apena se vê
nas mais imperiais
bucetas
e
fica
à mostra
para olhos
famintos,
para olhos
sedentos,
para olhos
ansiosos,
para olhos
nervosos,
para olhos
furiosos,
para olhos
com grande vontade
de fazerem
ilimitadas vontades
em Sua buceta
tão demonstrada
à vontade
para
todos
os
felizardos
e felizardas
conhecedores dos
Poderes da Sua
buceta,
ilimitados
Poderes,
ilimitados
Poderes
sem barreiras,
ilimitados
Poderes
sem falhas,
ilimitados
Poderes
sem jaulas,
ilimitados
Poderes
sem brechas,
ilimitados
Poderes
sem quedas
nas horas
de muitas
fodas


As Bucetas Falam Minha Linguagem!

Os Cus Falam A Minha Linguagem!

Minha Buceta É A Linguagem!

Meu Cu É A Linguagem!

A Linguagem Da Soberana Foda!

A Linguagem Da Superior Foda!

A Linguagem Da Eterna Foda!

Minha Língua Quer A Sua Buceta!

Minha Língua Quer O Seu Cu!

A Buceta Da Sua Mãe, Mulher E Homem
Da Terra!

O Cu Da Sua Mãe, Mulher E Homem
Da Terra!

A Buceta Da Sua Irmã, Mulher E Homem
Da Terra!

O Cu Da Sua Irmã. Mulher E Homem
Da Terra!

A Buceta Da Sua Filha, Mulher E Homem
Da Terra!

O Cu Da Sua Filha, Mulher E Homem
Da Terra!

A Buceta Da Sua Prima, Mulher E Homem
Da Terra!

O Cu Da Sua Prima, Mulher E Homem
Da Terra!

A Buceta Da Sua Tia, Mulher E Homem
Da Terra!

O Cu Da Sua Tia, Mulher E Homem
Da Terra!

A Buceta Da Sua Avó, Mulher E Homem
Da Terra!

O Cu Da Sua Avó, Mulher E Homem
Da Terra!

A Buceta Da Sua Amiga, Mulher E Homem
Da Terra!

O Cu Da Sua Amiga, Mulher E Homem
Da Terra!

Eu Sou Sua Mãe!

Eu Sou Sua Irmã!

Eu Sou Sua Filha!

Eu Sou Sua Prima!

Eu Sou Sua Tia!

Eu Sou Sua Avó!

Eu Sou Sua Amiga!

Eu Sou Lilith, A Da Buceta Que Sibila!

Eu Sou Lilith, A Do Cu Que Sibila!

Comam A Minha Buceta!

Comam O Meu Cu!

Eu Quero Me Ver Em Vossas Mesas!

Eu Quero Viver Em Vossas Camas!

Eu Quero Nascer Em Vossas Casas!

Eu Quero Morar Em Vossas Carnes!

Eu Vos Dou A Minha Buceta!

Eu Vos Dou Meu Cu!

E Quero Tudo De Cada Um De Vós
Em Troca!

Inominável Ser
COM A ALMA
SENTINDO
OS PODERES
DO CU
E
DA BUCETA
DE
LILITH

Os Poderes De Seu Cu Esfregados Na Cara




Tu esfregas Seu cu
em minha cara,
Tu esfregas Seu cu
na cara de uma
irmã minha
serpentina,
Tu esfregas Seu cu
na cara de um
irmão meu
serpentino,
como
Diva,
como
Artista,
como
Presidenta,
como
Rainha.

Esfrega,
Serpente,
esfrega...

Esfrega
Seu cu,
Serpente,
esfrega,
esfrega...

Esfrega
Seu cu,
Serpente,
cu de maravilhas,
cu de primazias,
cu de felicidades,
cu de comemorações,
cu de boas ações,
cu de caridades,
cu de bondades,
cu de maldades,
cu de chantagens,
cu de mentiras,
cu de verdades,
cu de filosofias,
cu de ignorâncias,
cu de sabedorias,
cu de poesias,
cu de literaturas,
cu de silêncios,
esfrega,
esfrega,
esfrega...

Me sufoca,
sufoca-a,
sufoca-o,
a nós,
nos quais Tu esfregas
Seu cu,

me sufoca,
até ficar sem ar
e pelo Seu cu
desencarnar...

sufoca-a,
até ela ficar sem ar
e pelo Seu cu
desencarnar...

sufoca-o,
até ele ficar sem ar
e pelo Seu cu
desencarnar...

Poderes mortais,
Poderes Da Morte,
Poderes que fazem
as transições para
a farra despreocupada
que se dá
em grupos de casais,
solitariamente
ou
entre um casal
que mutuamente ama
o cu
um do outro.

Inominável Ser
COM O ROSTO
SENTINDO
OS PODERES DO CU
DE
LILITH

Os Poderes Da Buceta Que Necessita Ser Encontrada




Escondida,
Sua buceta
precisa ser
encontrada.

Escondida,
qual tesouro maior
das terras ardidas
cheias de pimenta
e sêmen,
Sua buceta
precisa ser
encontrada.

Escondida,
qual livro sagrado
das religiões do sexo
nos templos secretos
dos thelemitas,
Sua buceta
precisa ser
encontrada.

Escondida,
qual pequena fagulha
que caiu de uma fogueira
e foi parar bem longe
dos que se enroscam
em carnais chamas,
Sua buceta
precisa ser
encontrada.

Escondida,
qual arremesos errados
de gozo na cara
que cairam bem distantes
em uma orgia
das mais ordinárias,
Sua buceta
precisa ser
encontrada.

Escondida,
qual dardo de lances
que escapam
entre homens e mulheres
que jogam fora
as chances
de terem uma foda
com muita ferocidade
libertadora,
Sua buceta
precisa ser
encontrada.

Escondida,
qual folha de um diário
que uma
insaciável senhora
perdeu enquanto
um a comia no cu
e outro a comia na buceta
e em mais um
ela pagava um
boquete,
Sua buceta
precisa ser
encontrada.

Escondida,
como os Poderes
que apenas os viciados
em fodas que explodam
todos os quartos
e todos os solos
de mundos receptores
de gozos extraordinários
em orgasmos
explosivamente
alcançados,
Sua buceta
precisa ser
encontrada.

Precisa ser
encontrada,
a Sua buceta
é o Santo Graal
da putaria
de devassos
e devassas.

Inominável Ser
COM O NARIZ
SENTINDO
OS PODERES DA BUCETA
DE
LILITH


Os Poderes Do Cu Sempre Para Cima





Deitada,
em posição de privilégios
para os que Te querem,
bandida safada,
ladra maldita,
prostituta miserável,
sibilante assassina
da timidez
e da decência,
Tu mostras o cu
a toda e todo
talentoso enrabador
de primeira
qualidade,
instância,
estância
e habilidade.

Primeira habilidade maior
de todas e de todos
aqueles que vão fundo
por dentro do Seu cu,
megera cadelona,
bruxa indecente,
feiticeira sorridente,
sibilante protetora
das anais alegrias
entre os casais mais
adoradores da única
forma de amor
dos animais,
é o de penetrarem
em Seu cu
com garra,
com vibração,
com sagacidade
e com verdade.

Verdade,
com verdade,
uma verdade,
bacante predadora,
necrofaga rastejante,
necromante sussurante,
sibilante governante
da dor e do prazer
de todas as anais
penetrações
dos mais liberais
casais,
uma verdade
que em Seu Cu
causa
vertigens,
delírios
e viagens.

Viagens,
muitas viagens,
A Carnal Viagem,
Vampira oferecida,
Deusa galinha,
Pombagira cachorra,
sibilante matriarca
das anais dedicações
dos casais amantes
do anal amor total,
A Carnal Viagem
cujos Poderes,
acelerados pelo
Seu cu tão bem
apertado,
tão bem
saboreado,
tão bem
comido,
dá fome,
dá sede
e dá saciedade.

Inominável Ser
COM A LÍNGUA
SENTINDO
OS PODERES DO CU
DE
LILITH

Os Poderes Da Dança Da Suculenta Buceta




Pole,
rebole,
quero ver Sua
dança,
Sua
buceta,
todos gritam
para ver
a Sua
Dança,
todos querem
ver a Sua
Dançante
Buceta!

Pole,
rebole...

Pole,
rebole,
abra tudo,
tudo mesmo,
toda Sua
buceta,
tão cheirosa
buceta,
tão limpa
buceta,
tão suja
buceta,
tão fedorenta
buceta!

Pole,
rebole,
pole...

Pole,
rebole,
vá dançando,
Dançando,
toco uma
puta punheta,
todos tocam
putas punhetas,
todas tocam
putas punhetas,
Eu,
todos
e todas
Filhos Da Sua
Buceta!

Pole,
rebole,
pole,
pole...

Pole,
rebole,
para o Seu
file público
mostre tudo,
mostre Sua
buceta
gritando,
mostre Sua
buceta
sussurando,
mostre Sua
buceta
suando,
já que os Poderes
de uma dançante
buceta
são como as dádivas
de uma divina
morada
para safados
e para safadas!

Pole,
rebole,
pole,
pole,
pole...

Inominável Ser
COM OS OLHOS
SENTINDO
OS PODERES DA BUCETA
DE
LILITH