terça-feira, 10 de maio de 2016

Na Travessia Da Primeira Ponte Dos Infernos



Que se rompam todas as correntes, Os Infernos Falam De Grandes Liberdades! Que se destruam todas as prisões, Os Infernos Constroem Grandiosas Ações! Que se percam todos os Caminhos, Os Infernos Estão Nas Mais Envenenenadas Carnes Como Únicos Caminhos!


Arco-íris irrompem
na orgia que nasce
para enlouquecer toda
carne nunca
a apodrecer.

A orgia tece um louvor
ao Olhar De Lilith
sobre os altares
que estremecem
os puritanos lares.

Os altares constituídos
são os corpos embebidos
no Serpentino Sangue
Da Vulva De Lilith
a jorrar feroz.

A jorrar nessa ferocidade
e com tal velocidade
caindo sobre paus e bocas,
paus e cus,
paus e bucetas.

Gloriosa é A Queda
Do Sangue Da Vulva
Da Senhora Lilith
nos Envenenenados
Mais Absolutos.

Gloriosa é A Queda
Do Sangue Sagrado
Da Vulva Da Serpente
Majestosa Lilith
De Absoluta Verdade.

Gloriosa é A Queda
Do Maior Sangue
Dos Abismos Infernais
E Do Outro Lado
Da Existencial Esfera.

Saudemos A Todos
Os Infernos,
Saudemos A Todos
Dos Infernos,
Saudemos!

Saudemos A Todos,
A Todos Que Guiados
São Pelo Sibilar
Da Furiosa Eterna
Serpente Implacável!

Saudemos Ao Fogo
Dos Infernos
Descendo Sobre
Os Mais Envenenenados
Pela Suprema Sibilante!

Aagos
Lilitu
Vociferatu
Lilitu
Adelamu
Lilitu
Zera
Atsuy
Gorrur
Lilitu
Lilitu
Lilitu

Agoraj Zapana Xir Zur
Lilitu
Lilitu
Lilitu

Dorax Xsunar Xainar Xaunar
Zapaur
Lilitu
Lilitu
Lilitu

Inominável Ser
ATRAVESSANDO
A PRIMEIRA PONTE
DOS INFERNOS
AO SIBILAR
DE LILITH







Nenhum comentário: