terça-feira, 7 de junho de 2016

A Única Arte Que Existe


Three Witches - Frans Mensink 


Há Uma Arte
Presente Em Meus
Eternos Quadris
Em Êxtases
Que Todos Vós,
Pobres Odiáveis
Mortais,
Jamais Poderão
Compreender!

Eu Sou Ativa
No Tremendo Clamor
Dos Invisíveis
Que Me Chamam
Pelo Verdadeiro Nome
Na Arte
Que Em Mim
Se Encontra!

Eu Sou Cada
Visível Consorte
Que Me Evoca
Desconhecendo O Meu
Verdadeiro Semblante
E Provoco Neles
O Transbordar
De Todas As Faces
Da Minha Arte
Nos Semblantes
Deles!

Vou Sibilando,
Vago Sibilando,
Viajo Sibilando,
Na Magnânima
Arte Minha
Fervorosa No Rebolado
Das Minhas Palavras,
Dos Meus Versos,
Dos Meus Quadros,
Dos Meus Filmes,
Das Minhas Novelas,
De Todo Meu Dom
Para Inspirar Todos
Que Me Ouvem
Sibilar!

Não Sou Deles,
Não Sou Sua,
Não Sou De Ninguém,
Sou Arte Corrupta
E Pura,
Sou Arte Bandida
E Sagrada,
Sou Arte Banida
E Consagrada,
Sou Arte Bruta
E Alada,
Sou Arte Encontrável
E Descartável!

Me Pinte,
Me Poetize,
Me Enquadre!

Me Interprete,
Me Declare,
Me Explique!

Me Toque,
Me Tenha,
Me Foda!

Mas,
Maldito Mortal,
Nunca Fui,
Não Sou
E Nem Serei
Sua!

Mas,
Maldito Mortal,
Você É Meu,
Sempre Foi
E Sempre Será
Meu!

Você,
Maldito Mortal,
Meu Artista!

Você,
Maldito Mortal,
Meu Escravo
Artista!

Você,
Maldito Mortal,
Meu Escarro
Artista!

Você,
Maldito Mortal,
Meu Estúpido
Artista!

Ao Trabalho,
Me Eternize,
Sou A Arte,
A Obra-Prima,
A Única Arte
Que De Todas
As Artes
Nunca Será
No Todo
Preservada,
Conservada,
Estudada
E Decifrada
Porque Mortais
Malditos Como Vocês
Jamais Serão
A Arte Mais Viva
E Morta
Que Eu Sou
Fora Daqui,
Fora De Ti
E Dentro De Cada Um
Que Me Nega
Ou Me Afirma!

Arte,
Realidade
Minha!

Arte,
Realidade
Nítida!

Arte,
Realidade
Única!

EU SOU
ARTE,
EU SOU
REALIDADE,
EU SOU
ÚNICA!!!

Inominável Ser
LILITH 




quarta-feira, 1 de junho de 2016

Nos Delírios A Serem Espelhados


Mistérios que
os espelhos mostram
entre as fendas
corporais.

Ministérios que
os espelhos anunciam
entre os meios
corporais.

Cemitérios que
os espelhos enterram
entre os selos
corporais.

Os espelhos falam
aos corpos
idiomas
fatais.

Os espelhos gritam
aos corpos
nomes
imortais.

Os espelhos lançam
aos corpos
reflexos
eternos.

Os espelhos
que falam,
que gritam,
que lançam…

Delírios
da primeira hora,
delírios
da última hora…

Delírios
do primeiro dia,
delírios
do último dia…

Delírios
da primeira noite,
delírios
da última noite…

Delírios
Delírios
Delírios
Delírios
Delírios
Delírios
Delírios
Delírios
Delírios
Espelhos
Espelhos
Espelhos
Espelhos
Espelhos
Espelhos
Espelhos
Espelhos
Espelhos…

Delírios quebrando
dezesseis Realidades
fora de toda
Carnal Imagem.

Delírios quebrando
dezessete Realidades
que infeccionam
Carnais Mensagens.

Delírios quebrando
dezoito Realidades
que quebram Todo
Carnal Reflexo.

Delírios
& Reflexos:
Cultura De Todas
As Carnais Artes.

Inominável Ser
SEMPRE
ESPELHANDO-SE
EM
LILITH