quinta-feira, 17 de novembro de 2016

A Buceta Escritora


Petals - Yuri Leitch


No jogo dos tomos
Dos carnais tronos
De gelo nela derretido
E fogo nela apagado
Essa buceta sempre anuncia
Um verão que está chegando…

Com uma escrita garantida
Pela profundidade que é oferecida
Essa buceta faz das letras
Que nascem de sufocados gemidos
Livros que são guardados
Nas bocas de poucos privilegiados…

Escrevendo na intensa febre
Da esfregada em uma
Cara que a lê com frequência
Essa buceta é um mito
Entre as poderosas bacantes alucinadas
E as ternas prostitutas sagradas…

Essa buceta segue na escrita
Montando textos que agitam
A língua do maldito
Ou da maldita
Pegos no literário feitiço
De seus parágrafos sorrindo…

Essa buceta é mesmo
Um nome que a si mesma
Escreve nos dicionários
Dos adoradores leitores
Das niilistas páginas
De suas explicativas notas…

Essa buceta
Muitos querem ler…
Essa buceta
Muitos já leram…
Essa buceta
Muitos ainda lerão…

A escrita dela é best-seller
Que se consome na companhia
De um vinho tinto
E um charuto cubano
Depois nela introduzidos
Como positivas críticas…

Inominável Ser
QUE
JÁ LEU
UMA ESCRITORA
DESTE TIPO




Nenhum comentário: